Forro de Pontuada (1).png

Forró de Pontuada

O grupo FORRÓ DE PONTUADA é formado por Julia Vargas (voz e percussão), Renata Neves (Violino, Percussão e Coro), Karina Neves (Flauta, Percussão e Coro) e João Bittencourt  (Sanfona e Coro).

O Gosto do Amor capa.jpg

ASSISTA AO CLIP DA MÚSICA     "O GOSTO DO AMOR"    com  FORRÓ de PONTUADA

INFORMAÇÕES SOBRE O SINGLE

ISRC BR2JH2000005

 

Julia Vargas - Voz, Zabumba, Coquinho e Caxixi

Renata Neves - Violino e Coro

Karina Neves - Triângulo e Coro

João Bittencourt - Sanfona e Coro

 

Composição: Gonzaguinha

Arranjo do Coro: Julia Vargas

Gravação, edição e Mixagem: João Bittencourt

Masterização: Florencia Saravia-Akamine

Capa: Ruth Freihof

 

Arranjado e Produzido por Forró de Pontuada

Contato:

www.instagram/forrodepontuada

www.facebook.com/forrodepontuada

www.instagram/selo.celulla

www.facebook.com/selocelulla

JÚLIA VARGAS

Cantora e percussionista, Júlia já é considerada uma das grandes cantoras do Brasil e vem emocionando nomes como:
Milton Nascimento, com quem fez turnê e abriu shows, Zélia Duncan que a convidou para cantar no lançamento de seu
disco "Tudo é um" no Circo Voador, Geraldo Azevedo que a chamou como participação em um de seus shows também
no Circo Voador, Ivan Lins de quem ganhou uma música inédita que foi gravada em seu primeiro disco, Alceu Valença
que a convidou para abrir alguns de seus shows na Fundição Progresso, Ney Matogrosso e Pedro Luís que gravaram em
seu disco "Pop Banana", apresentou um show ao lado de João Donato, Wagner Tiso, Moraes Moreira, Zeca Baleiro entre outros.
Em 2014 foi convidada a integrar o projeto "Mar Azul", em homenagem ao Clube da Esquina e saiu em turnê com o
show "Travessia", de Milton Nascimento, pelo interior de Minas Gerais, e com show "Linha de Frente", acompanhando
Milton Nascimento e Criolo.
Em 2015 participou do tributo à Cássia Eller, no Rock in Rio e chamou a atenção pela parceria com Chico Chico, cantor
e compositor carioca filho da cantora com quem fez diversos shows pelo Brasil. Dessa parceria nasce o selo
Porangareté, criado ao lado de Chico Chico, Rodrigo Garcia e Maria Eugênia. Também no final deste mesmo ano,
lançou o "CD e DVD Júlia Vargas & Os Barnabés ao vivo em Niterói" produzido por Rodrigo Garcia no Teatro Municipal
de Niterói.
Em 2016 se dedicou a gravação de seu terceiro álbum (segundo álbum de estúdio), intitulado "Pop Banana", fruto de
uma parceria entre a cantora, o selo Porangareté e a gravadora Biscoito Fino. Júlia assina a produção e direção musical
do álbum lançado em 2017 em formato físico (CD) e digital.
Em 2019 Júlia lança "Iara Ira" ao lado das cantoras Duda Brack e Juliana Linhares. O álbum foi lançado em parceria com
a Oi Futuro, Jóia Moderna e Areia Produções. O disco tem direção musical de Thiago Amud.
E agora o mais novo disco de Júlia: "D'água", onde também assina a direção e produção musical ao lado de Guilherme Marques e o Estúdio Frigideira.

https://www.instagram.com/juliavargasoficial/


KARINA NEVES

Oriunda de família de músicos, começou seus estudos de flauta transversa aos 11 anos de idade. Em 2006, fez parte da Orquestra Sinfônica Brasileira Jovem (OSBJovem) e em 2019 graduou-se no curso Licenciatura em Música/UFRJ; Durante 10 anos, integrou o grupo do compositor e multi-instrumentista Itiberê Zwarg, onde gravou 3 CDs, se apresentou nos melhores teatros do Brasil, Argentina e Uruguai e em diversas ocasiões, participou de shows do Hermeto Pascoal e Grupo, como no festival “Jazz a Vannes” (França) em 2013.
Durante 6 anos se dedicou ao estudo de percussão afro Latina com o mestre José Izquierdo, integrando grupos como Orquestra de Conga e Bloco de Conga.
É diretora musical de duas companhias de teatro, a Cia dos Bondrés e Os Sanzunssô, onde participa de processos criativos desde 2014. Este ano, o espetáculo “Lupita” teve indicação ao prêmio CENYM de melhor Trilha Sonora Original ou adaptada.
Atua profissionalmente como flautista e percussionista, integrando os grupos: Samba Que Elas Querem; Forró de Pontuada e Truque do Desejo.
Recebeu o primeiro prêmio no 1º Festival de Música On-line da Cidade das Artes (2020), com a música Partido Inconsciente (Karina Neves/ Júlia Ribeiro).

https://www.instagram.com/karinaaneves/


RENATA NEVES

Mãe, violinista, rabequeira e compositora, Renata Neves atua no cenário carioca há mais de 20 anos, sempre buscando nas músicas tradicionais brasileiras a inspiração para sua maneira particular de expressão no violino.
Estudou na UFRJ com Michel Bessler e se formou no CMDL com Didier Lockwood e Johan Renard na França.
No Rio de Janeiro tocou em diversos grupos com destaque para a Itiberê Orquestra Família e muitas peças teatrais.
Em Paris tocou em diferentes grupos de forró, e formou também o grupo Canoa tocando músicas autorais com Inor Sotolongo e Philippe Baden Powell.
Gravou no Cd  “Mundo Verde Esperança” de Hermeto Pascoal e Grupo, "Igual a Mi Corazon” de Liliana Herrero, “Adupé” de Amora Pêra, e "Rio-São Paulo” de André Marques, entre outros
Atualmente integrante do quarteto de cordas cAis, toca também em duo com o vibrafonista e baterista Lourenço Vasconcellos. Em 2020 formaram juntos e em parceria com Mig Martins o coletivo de compositores Autoral Atual, onde celebram a música independente num programa semanal.

https://www.instagram.com/reneves.violino/


JOÃO BITTENCOURT

Com 20 anos de carreira, João Bittencourt é pianista, acordeonista, compositor, arranjador, professor, diretor e produtor musical.
Trabalhou como compositor e/ou arrajandor e/ou diretor musical e/ou instrumentista em mais de 40 espetáculos teatrais, sendo o mais recente, CARTAS PARA GONZAGUINHA (onde também é idealizador), escolhido como melhor musical original de 2020 pelo site Musical.Rio; Desde 2016 faz as direções musicais dos espetáculos da Cia Cirque de La Liberté (Holanda); Atualmente é professor dos cursos de Harmonia e Piano na Berklee Partner Global Music Institute (India); Acompanhou a cantora Bibi Ferreira como acordeonista e pianista substituto por onze anos; Já tocou e/ou gravou com diversos artistas, entre eles Geraldo Azevedo, Amelinha, Julia Vargas, Victor Biglione, Itiberê Orquestra Família, Thaís Gulim, Moyseis Marques e Marjorie Estiano.
Ficou em segundo lugar no IX Festival de Sanfoneiros de Feira de Santana 2019 (BA), aberto a sanfoneiros de todo o Brasil; Foi indicado aos prêmios  Cesgranrio 2013 e Shell 2011 por MELHOR MÚSICA; Recebou o prêmio de MELHOR INSTRUMENTISTA no XIXº Prêmio Tápias de Artes Integradas (2007).

https://linktr.ee/JoaoBittencourt

O GOSTO DO AMOR (Gonzaguinha)

BR2JH2000005

Curiosa pra danar
Fui chegando no forró
Só vi gente empareada
Parecendo até um nó
Todo mundo coladinho
No escuro do salão
No picado miudinho
Sem querer sair mais não
Das meninas, ai e ui
Dos rapazes, ui e ai
E das véia, diga Deus
Por que que já não posso mais

Xote, rock, foxtrote
E um beijinho no cangote
Tome xote, muito xote
Tô querendo é provar

Mãe falou pra ter cuidado
Pai falou: é tentação
Mãe falou: não vá na dança
Pai falou: é perdição
Mãe falou: isso é pecado
Pai falou: faça isso não
Mãe falou: ruim pra diabo
Pai falou: até que é bom
Mãe gritou: isso vicia e isso vício só traz dor
Pai falou: de doce chega o céu, é o gosto do amor

Ai, mãe! Ai que vontade de gritar
Ai, mãe! Ai que vontade de dançar
Agarradinha nesse nego eu vou embora
Ainda tô na dor e tô querendo me acabar
Imagina quando eu chegar no céu
Aí mesmo é que eu vou gostar